Vê, eis nossa Imperatriz! Entretanto, como habitualmente no Brasil, nádegas e panturrilhas são mais aclamadas e rentáveis à mídia que as figuras responsáveis pela distinção moral e intelectual, inda que pouca, que nos advém em herança e legado!
Que os casamentos eram arranjados e que as amásias eram uma constante, é fato notório, todavia, assumir UMA bastarda em detrimento a dezenas de bastardos relegados ao anonimato (como fez nosso Imperador), tornar não apenas pública, mas, próxima, e constante, como primeira-dama do passo,uma das amantes, em convívio com a mulher legitimada (como fez D.Pedro I ao sujeitar Leopoldina à Marquesa de Santos, vulgo sua Titília), vamos combinar que deve ter sido uma tortura sádica, um envenenamento a conta-gotas!
A Imperatriz Leopoldina, RESPONSÁVEL POLITICAMENTE DIRETA PELA DECISÃO DO MARIDO A PROCLAMAR A INDEPENDÊNCIA BRASILEIRA, ADMINISTRADORA INCÓLUME DA COLÔNIA E DA ENTÃO RECÉM ERIGIDA NAÇÃO, a austríaca apaixonada pelo marido e matrona do povo brasileiro, é sombreada na estória conjugal pela amante e, na História do Brasil pela alienação mantida nas gerações sobre seus grandes feitos e os efeitos de sua mui distinta existência! 
Junto de José Bonifácio, enquanto pode, e enquanto viva, dentro do que foi humanamente possível nossa defensora foi pelo Brasil aquilo que o Brasil nunca soube, pois que se soubesse, talvez por sua imagem zelasse mais, sua biografia preservasse melhor e seu espaço nos livros didáticos tornasse maior!
Gratidão à Imperatriz Leopoldina! Que satisfação, que honra deve ter sido curvar-se a tão esplêndida dama!

 
  Nome  
 
  Email  
 
  Comentário
 
   
 
 
  1. Dom Pedro I
2. Profissões e Espiritualidade
3.
Espiritualismo
4. Monoteísmo, hebreus, judeus, cristãos, muçulmanos...
5. Torres Gêmeas; afinal, como e o que aconteceu ali?
6. Judas(?)Joana...Encaixando a essência da vida à matéria...
7. Registros arcaicos de tecnologias atuais...
8. A verdade na Atualidade
9. Expurgos e Expurgados
10. Pilatos
11. Fé ou Fanatismo? Joana D' Arc, Esquartejamento da Cristandade, motivações a erros e acertos...
12.Pai Nosso de Abdruschin / Graal na Terra
   
 
 
 
 
       
   
     
                                           Divulgação Obra Expurgo  
©2012 Escritora Flávia Neves - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por M4 Comunicação