Reencarnação, Cristandade, Personagens bíblicos, Ficção, Evolução humana, reeducação espiritual, questionamentos religiosos pessoais, controvérsias, ocultações, busca da Verdade, Expurgação.
 
A trama aborda a reencarnação, e as leis universais, de maneira peculiar! Joana D' Arc / Judas Iscariotes, seu inquisidor, Bispo Cauchon, De Rais "inspirador do conto do Barba Azul", se enveredam pela historicidade do mundo até os confins da criação, e evolução humana, num texto que vai se descontraindo à medida que os personagens se envolvem, sentindo-se à vontade.
 

Os personagens são humanos em virtudes e faltas; tropeçam, engasgam, se enganam, riem "dão biziuuuu". Não espere encontrar almas sofridinhas, coitadinhas, ou maléficas por inteiro, em Expurgo. Nele há apenas espíritos conscientes de que há muito a ser feito, que não apenas pela escalada deles mesmos, mas pela espécie humana, e a nação planetária!


"O título Expurgo veio no sentido de auto-análise e, portanto, além de um encontro consigo mesmo, o reconhecimento de ACERTOS E FALTAS numa purga interna, purificação, limpeza, quer seja dos personagens (na condição individual, destarte) ou na abrangência de nossa espécie num todo, o que incidiria, pois, numa consciência coletiva dos rumos tomados até então. Limpeza é externa, o mais adequado aqui é a vinculação interna, ou seja, auto-avaliação já mencionada, e Expurgo me pareceu definir bem o caráter da obra em tal sentido. Agradeço a oportunidade de manifestação sobre o livro." Flávia Neves


Opiniões enviadas pelos leitores para as páginas sociais da autora.

 
 

"Cinco estrelas: Original, ousado, instrutivo, edificante, marcante!
Expurgo é uma obra fundamental a noviços e brâmanes, gregos e tibetanos, clérigos e troianos. Com intrepidez, as palavras (os verbos) saem da zona de conforto e resgatam a consciência do leitor da fumaça que mana da ignorância e da iniquidade dos antepassados, comumente encobrindo a historicidade e obscurecendo nossas crenças.
A autora não tenta levar o leitor ao mundo espiritual e sim - hábil e inspiradamente - trazer esse mundo para dentro da demarcada percepção humana.
Esse íngreme e complexo transporte é realizado através uma narrativa pulsante, visiva, táctil, inteligível, sinfônica e verossímil, talvez, em detalhes, somente comparável a J. J. Benitez, Expurgo é uma pedra preciosa que esplende na literatura espiritualista (pois eu não teria a veleidade de limitar sua luz à biblioteca espírita)."

 
 

"Amigo leitor, eu recomendo a leitura do Livro: Expurgo, da escritora mineira Flávia Neves.
Uma ficção que nos remete a uma viagem ao passado, nos convidando a reflexões a cerca de temas históricos interessantes, e evidenciando como procede a Lei da Justiça Divina e a Lei de Ação e Reação."

 
 

"Oi, Flávia! Além da obra Expurgo, vc tem outras obras de sua publicação? Vc está escrevendo novas obras? O seu livro é muito interessante e deixou com gostinho de querer mais novas publicações suas."

 
 

"Excelente. Uma viagem através de personagens importantes da Bíblia."

 
 

"Livro maravilhoso!"

 
 

"É uma obra muito interessante para todas as pessoas independente de que credo pratica, afinal somos todos filhos do mesmo Pai."

 
 

"O livro Expurgo é demais! Vcs precisam ler!"

 
 

"Um romance maravilhoso."

 
 

"Livro interessante que leva á reflexão acerca do tempo e do espaço e como nos podemos imaginar neste contexto..."

 
 

"Gente, o livro é de uma preciosidade que não tenho como descrevê-lo... Parabéns Flávia! com todo meu coração e pouca sabedoria - ainda... LEIAM!!!!

 
     

 
 
 
 
 
 
  1. Registros arcaicos de tecnologias atuais...
2. Jerusalém
3. Expurgos e expurgados
4. Pilatos
5. Joana D' Arc interpretada por Leelee Sobieski
6. Judas(?)Joana...Encaixando a essência da vida à matéria...
7. Torres Gêmeas; afinal, como e o que aconteceu ali?
8. EXPURGO e seu jeito skywalker de ser
 
       
   
     
                              Divulgação Obra Expurgo  
©2012 Escritora Flávia Neves - Todos os direitos reservados.