Flávia Neves

A escritora mineira Flávia Neves é advogada graduada pela Faculdade de Direito da Universidade de Itaúna, desde 1997.

O interesse nato e precoce pelo passado a direcionou rumo ao estudo do legado das antigas civilizações, acompanhando as descobertas de historiadores, antropólogos e arqueólogos que atestam a sempre atuante capacidade de criação e desenvolvimento intelectual do homem. As inúmeras facetas da religiosidade e, a intervenção direta do legislativo pseudo-divino no comportamento social, certificam-na da existência de uma FORÇA SUPERIOR que nos rege na pretensão de que usemos nosso livre arbítrio em prol, não do indivíduo em contexto isolado, mas, na condição implícita porém, latente, de coletividade.

Estudiosa das ciências da religião e filosofia, além de História e Antropologia, a escritora esclarece que todo caminho é árduo, e que, a dedicação ao conhecimento não é exceção, ao contrário, afunila em muito a sociabilidade, restringindo tanto a atenção quanto o tempo hábil de seus iniciados.

Autora de duas obras espiritualistas Limites do Perdão, Expurgo, e de centenas de citações, textos e crônicas de temática variada, difundidos nas redes sociais via a Página Expurgo e seu Perfil Pessoal, atualmente se prepara para a sequência literária de Expurgo. E o que deveria vir a ser “Minitus Mundi”, fomentou-se na obra em término: O OURO NO FUNDO DO POÇO.

A autora é sarcástica quanto a alteração inusitada:

Tentamos idealizar o futuro dos filhos, ou mesmo o nosso, quando em verdade as circunstâncias nos surpreendam! Assim ocorre também aos enredos, às tramas no universo da dramaturgia! Cada estória à seu tempo! Paciência!